Quem Somos


Síntese Histórica e Etno Folclórica


Rancho Folclórico da Costa

O Rancho Folclórico da Costa é um fidedigno representante do folclore e da Etnografia da Alta Estremadura. Fez a sua estreia em 22 de Agosto de 1982, legalizou-se notarialmente em 19 de Outubro do mesmo ano, e foi admitido como membro da Federação do folclore português em 1 de Janeiro de 1986.

Geograficamente, engloba os lugares de Costa de Baixo, Costa de Cima e Ribeira, fazem parte da freguesia de Maceira, 12 Km a sul de Leiria, que é sede do seu concelho e distrito.


O seu melodioso Cancioneiro, inicialmente baseado na pastorícia e depois também na agricultura, é de “entre–mar–e–serra”, desde os cumes da Serra de Aire às arribas de Moel, acompanhados pelos instrumentos tradicionais, com especial relevo para os que são feitos de cana, e cadenciados pelo cântaro de barro tangido com o abano.

Canta e baila: “cantigas de arrastação”, “fandangos estremenhos”, “reinadios”, “tacões e bicos”, “fadinhos”, “viras”, “ribaldes”, “bailaricos”, e quantos mais. Sem bailado, canta ainda um famoso cancioneiro, de velha origem religiosa e do romanceiro popular.

O seu jeito de bailar é singelo e suave, sem batimentos nem arrebiques – como quem, mesmo se divertindo, nunca esquece o recato, a dureza do trabalho e as agruras da vida.